Romildo Bolzan: “Esse momento é da racionalidade”

FOTO: PEDRO ESPINOSA / MUNDO GRE-NAL

FOTO: PEDRO ESPINOSA / MUNDO GRE-NAL

O presidente gremista ressaltou pontos do jogo de ida na final da Copa do Brasil que o Grêmio venceu por 3×1. Bolzan destacou que é necessário conter a euforia, afirmou que os dirigentes são balizadores para a torcida e disse que o time mineiro pode reverter o resultado na Arena.

Quanto a preparação para o dia 30 de novembro na Arena: 

“A preparação já acontece nesse momento. Obtivemos uma vantagem hoje e nada mais. Foi um partida limpa, tivemos capacidade de bloqueio, marcação, finalização… Se isso se repetir, podemos encaminhar. Hoje fomos maduros e consciente naquilo que se faz.”

Sobre conter a euforia:

“Na verdade temos de conter isso… Somos balizador de torcida, temos de balizar isso… o comportamento nosso pode influenciar. O que fizemos hoje aqui, o Atlético pode fazer conosco lá… Esse momento é da racionalidade. Temos de ter os pés no chão. Se ganharmos o campeonato, vamos comemorar”.

Com relação a adequação do clube e projeção para 2017:

“O processo do Grêmio não esta terminado. O processo é de 4 anos. Precisamos mais tempo pra por em dia o clube. O grupo que tá há dois anos aí, é um processo, inverteu-se a lógica de futebol no Grêmio. Este é o processo adequado. Um processo que se tem preço… Porque na medida que eles forem mais consolidados no futebol, eles darão mais repostas.”

Comentários

Comentários