Projeto da base do Grêmio mira captar R$ 8 milhões para investimentos

FOTO: RODRIGO FATTURI / GRÊMIO

FOTO: RODRIGO FATTURI / GRÊMIO

O Grêmio atento no futuro de seu futebol está mirando alto: O “Projeto Base” é um programa de captação de recursos que visa priorizar as categorias de base. O desejo com este projeto é alcançar R$ 8 milhões para investir na garotada.

Foi na última terça-feira o lançamento do projeto, que é fragmentado em fases. Isso irá proporcionar benefícios na Lei de Incentivo ao Esporte (Lei nº 11.438/06 e Decreto nº 6.180/07) aos seus parceiros.

A primeira fase:

É destinada nas melhorias do CT Hélio Dourado, que fica em Eldorado do Sul. Lá, tem um estádio, somados a seis campos oficiais com mais dois de apoio. A meta é a construção de alojamento com pavimento duplo. A ideia seria ter por lá cerca de vinte quartos, com capacidade para oitenta atletas. Além destes destaques, um refeitório também está no projeto. Ele suportaria cerca de duzentas pessoas se alimentando ao mesmo tempo. Ainda no projeto: Prédio com área administrativa, com área para imprensa, locais para treinamento e um ginásio coberto com grama sintética.

Toda essa meta referente ao “Projeto Base”, irá contar com Lei de Incentivo ao Esporte, onde pessoas jurídicas e físicas podem realizar investimentos com parte nos seus Impostos de Renda, correlacionados na aprovação pelo Ministério do Esporte. A dedução de pessoas jurídicas podem chegar a 1% de imposto devido. Já a pessoa física tem direito a 6% de benefício. Todos os percentuais são calculados pelo I.R a ser pago, não contemplando aplicações, investimentos e outros tópicos de finanças.

Destacando que: Existe um hotsite com informações e que mostra a evolução do projeto, no que se refere as obras. A participação no projeto tem que ser via doação e patrocínio, bem como os nomes e marcas dos patrocinadores serão expostos no hotsite como reconhecimento às contribuições. A previsão de início das obras é para o primeiro semestre de 2017.

Data limite para capatção: 31 de dezembro de 2016;

Valor aprovado para a primeira fase:R$ 8.144.847,80;

A previsão de início das obras: Primeiro semestre de 2017.

Comentários

Comentários