Luiz Fernando Záchia integraria o departamento de futebol se Affatato vencer eleição do Inter

Foto: arquivo, Internacional

Záchia (de cinza, à esquerda de Piffero) voltaria ao futebol do Inter. Foto: arquivo, Internacional

O Inter terá o retorno de Luiz Fernando Záchia ao vestiário se Pedro Affatato vencer as eleições do Inter no dia 10 de dezembro. A informação de bastidor da conta de que já houve reuniões entre o presidente e os vices da chapa, Luiz Henrique Nuñes e Pedro Silber, com o ex-deputado estadual e ex-secretário do Meio Ambiente. Záchia seria o vice-presidente de futebol de Affatato. A pasta ainda incluiria um diretor-executivo remunerado e um diretor técnico.

O Mundo Gre-Nal entrou em contato com contato com Affatato. Por meio da assessoria, a Chapa 01 declarou que “tem toda a estrutura do futebol desenhada e que sabe o que quer para a pasta. Contudo, falará em nomes de forma oficial apenas ao final da participação do Inter no Brasileirão”.

Luiz Fernando Záchia tem histórico conturbando na vida pública do Estado. Entre outros casos, ao lado de José Otávio Germano (PP) e do ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE) João Luiz Vargas, o colorado – à época chefe da Casa Civil – foi condenado por improbidade administrativa na Operação Rodin, que investigou esquema de fraude no Detran gaúcho.

Segundo o noticiário da época, com base em investigações do Ministério Público Federal (MPF), o trio teria recebido propina e participado de um esquema de desvio de recursos públicos por meio da contratação de fundações de apoio da Universidade Federal de Santa Maria pelo Detran-RS.

Záchia também chegou a ser preso, em 2013, quando secretário municipal do Meio Ambiente, chegando a passar dias no Presídio Central, em Porto Alegre. Na ocasião, a Polícia Federal suspeitava que Záchia teria recebido “vantagens indevidas” no valor de R$ 20 mil para permitir o licenciamento de um empreendimento de uma empresa de engenharia, a administradora de um shopping da Capital e um instituto com dívidas junto ao município.

Comentários

Comentários