Conmebol descarta mudança e define Copa Libertadores com final em jogo de ida e volta

FOTO: LUCAS UEBEL / GRÊMIO

FOTO: LUCAS UEBEL / GRÊMIO

A Conmebol decidiu voltar atrás e confirmou a final da Libertadores com jogos de ida e volta. De acordo com Alejandro Domínguez Recheda (Presidente da instituição), a decisão da competição em jogo único será melhor debatida. O certo é que a próxima edição da competição terá uma final tradicional. A decisão foi tomada após uma reunião do conselho executivo na sede da Conmebol. A final com jogo único está adiado.

Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol, falou via nota no site oficial da instituição: “A ideia de uma final única é organizar uma grande festa para celebrar o futebol e fazer dela um elemento integrador na América do Sul. Do ponto de vista esportivo, uma sede pré-definida tem como atrativo oferecer um campo de jogo neutro para os finalistas, conservando o fator surpresa, pois sempre existe a possibilidade de uma equipe local chegar à final. Requer planejamento para garantir padrão de primeira classe de excelência em termos de logística, infra-estrutura, segurança, mobilidade e organização de eventos. Nós também ouvimos as preocupações dos torcedores, e a Conmebol deve trabalhar para que haja alternativas de viagem e alojamento para permitir que toda a paixão de uma final de Copa Libertadores chegue a qualquer cidade”.

O que segue certo na Libertadores 2017 é a participação de 44 times, com um calendário de quase uma temporada inteira com dez meses de duração.

 

Comentários

Comentários