Grêmio já pensa em 2017 e coloca na pauta prioridades para o plantel

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

O Grêmio já está mirando o ano de 2017 e para a próxima temporada o tricolor irá reforçar alguns setores do time e do grupo de jogadores. A ideia é reforçar principalmente o ataque. Com as alternativas atuais, o time de Portaluppi se recente de um pouco mais de qualidade quando precisa realizar as substituições durante as partidas. Existe também o fator recente das lesões de atletas como Everton, Negueba e Miller Bolaños. O atacante Everton vem voltando aos poucos, mas os outros dois ainda estão na fase de retreinamento e recuperação.

Com relação a Bolaños, especula-se que o mercado chinês voltará em 2017 a investir pesado na tentativa de levar o equatoriano para o outro lado no mundo. Miller foi trazido pelo Grêmio com valores expressivos de RS 19 milhões de reais, mas até agora ele não conseguiu mostrar suas reais qualidades. O Grêmio procura um centroavante de referência. O atual da posição, Henrique Almeida está muito abaixo do que pode jogar, apesar das recentes oportunidades ofertadas à ele por Portaluppi.

Outro ponto a ser decidido pelo Grêmio são as situações contratuais de Renato e do coordenador de futebol Valdir Espinosa. Os contratos de ambos terminam em dezembro e ainda não é sabido como o tricolor irá se posicionar para a renovação ou não deles.

O Grêmio se reapresenta nesta sexta-feira, focado no próximo desafio do Brasileirão que será na quinta-feira dia 13 de outubro pela 30ª rodada do campeonato contra o Atlético-PR na Arena.

Comentários

Comentários