Goleiro do Corinthians define Nico López como jogador chato e pede marcação no uruguaio

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Nico López, um jogador chato. Assim o goleiro Cássio definiu o uruguaio de 21 anos que estreará com a camisa do Inter neste domingo, contra o Corinthians, no Beira-Rio. O goleiro da equipe paulista foi questionado a respeito da jóia do segundo semestre adquirida pelo Beira-Rio com a ajuda de Delcir Sonda. Sem fugir da pergunta, Cássio resumiu o que pensa sobre o principal nome do Inter na coletiva no CT Joaquim Grava:

Ele é um jogador chato, se movimenta bastante, tem boa colocação, mas também é um atacante como qualquer um que nossa defesa tenha que marcar. Temos que ter atenção, mas nada de anormal, sem faltar com respeito com ele, mas temos que estar atentos como sempre.

Cássio conhece bem Nico López. O pupilo colorado, esperança na quebra de insucessos no Brasileirão, foi o algoz corintiano nas oitavas de final da Libertadores. Nico foi o autor de um dos gols do Nacional-URU no empate em 2 a 2 que eliminou o Corinthians da principal competição sul-americana.

O Inter tem uma dúvida para enfrentar o Corinthians. O vice-líder do Brasileirão tem 30 pontos no Brasileirão, apenas dois a menos que o líder Palmeiras. Já o Inter é o 11º, com 21.

Comentários

Comentários