Quetelin Rodrigues: “#EuTavaLá – Noite épica no Mineirão”

FOTO: QUETELIN RODRIGUES / MUNDO GRE-NAL

No último post antes de chegar em BH eu falei que tava sentindo algo bom, que poderia ser até uma espécie de iludômetro, mas que eu deveria pagar pra ver.

Paguei. E vivi com o Grêmio uma das noites mais lindas em que a gente já viveu até hoje. Não só por ter silenciado um Mineirão lotado com seus mais de 50mil torcedores. Mas por ter visto um time com vontade de vencer e uma torcida que mesmo em menor número, não parou um minuto de cantar.

No fundo, bem no fundo, a gente sabia que algo bom tava reservado pra gente nessa noite.

Saí da minha zona de conforto de ver o Grêmio apenas pertinho de casa e só posso dizer que foi INCRÍVEL.

Estamos perto, bem perto, de mais uma final de Copa do Brasil. É impossível não pensar uma porrada de coisa: será que justo no ano em que eu saio do armário e falo pra todo mundo que sou gremista, a gente finalmente vai sair da fila?

Não sei. Essa resposta eu ainda não tenho. Mas o sentimento é bom. E o iludômetro, amigos, esse já tá explodindo.

Obrigada, Grêmio, por essa noite épica!

Comentários

Comentários