Bolaños: Seria ele um “curinga” de Renato no time do Grêmio?

FOTO: LUCAS UEBEL / GRÊMIO

FOTO: LUCAS UEBEL / GRÊMIO

Miller Bolaños pode ser uma espécie de “curinga” no time de Renato. O equatoriano que vem numa ótima sequência pela sua seleção nas eliminatórias para Copa da Rússia de 2018 e também pelo Grêmio, pode ser uma peça de muita importância no time gremista. Apenas da quase definição do time com Pedro Rocha ao lado de Luan, Miller cresce na cotação para uma possível mudança no decorrer da partida da próxima quarta-feira às 21h45min no jogo de ida da final pela Copa do Brasil entre Atlético-MG e Grêmio. Na sua última apresentação pelo tricolor no domingo passado contra o América-MG, o atacante foi muito bem, atuando como gosta. No final do jogo, Portaluppi ressaltou em entrevista que a bola sai de seus pés “com muita qualidade e redondinha”.

São aguardados nada menos que 56 mil torcedores no Mineirão. O time de Portaluppi está praticamente definido com apenas uma dúvida: A dupla de zaga. O zagueiro Pedro Geromel saiu mancando do último treino na segunda-feira passada e pode ser desfalque. Mesmo assim, o atleta viajou com a delegação para Belo Horizonte.

O possível time: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel (Fred ou Rafael Thyere), Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace e Maicon; Ramiro, Douglas e Pedro Rocha; Luan.

Comentários

Comentários