Beira-Rio aberto aos sócios contra o Figueira: atenção à capacidade para não ficar de fora

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

A promoção que a direção do Inter criou a partir de pedidos na reunião do Conselho Deliberativo para que as catracas do Beira-Rio fossem abertas para os jogos decisivos do time no Brasileirão tende a elevar a marca histórica de 47 mil pessoas à casa colorada da partida contra o Tigres, pela Libertadores, no ano passado. Por mais que o estádio tenha capacidade de pouco mais de 50 mil torcedores, operacionalmente o Inter terá de trabalhar com disponibilidade de 48 mil lugares. Assim, ficar atento a alguns detalhes é importante para não ficar de fora do confronto válido pela 28ª rodada.

O vice de administração do Inter, Alexandre Limeira, explica que apenas 30 mil cadeiras estarão abertas para check-in para o jogo de sábado (2), às 21h. O número se dá porque o Inter conta com cerca de 8 mil lugares distribuídos em skyboxes, camarotes e área VIP, cerca de 5 mil presenças assíduas de locados, 1,5 mil crianças presentes em média e mais o espaço destinado à torcida adversária – em torno de 2 mil lugares. Isso tudo sem contar o associado que está contemplado na promoção de comprar ingresso para o jogo contra o Vitória e entrar de graça diante do Figueirense.

Ainda não há definição se haverá continuidade deste tipo de ação para as demais partidas do Brasileirão. Limeira afirma que “pode ser ampliado”, mas não houve esta definição por parte da direção até o momento. São 19 mil colorados com a antiga carteira branca e outros 70 mil com antiga vermelha.

Comentários

Comentários