Atacantes do Inter voltam a balançar as redes após mais de um mês. Aylon tem melhor média

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

por Filipe Abílio, especial

A vitória de 3 a 0 sobre o Fortaleza, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil serviu para o Internacional retomar a confiança e encerrar alguns jejuns. Além de quebrar a série de 14 jogos sem vitórias, os atacantes colorados voltaram a balançar as redes após mais de mês sem marcar gols.

O inédito ataque formado por Nico López e Aylon marcou os três gols da vitória colorada. Conhecido por ter “cheiro de gol” – como afirmou o vice de futebol do Inter, Fernando Carvalho – Aylon voltou ao time após se recuperar da lesão que o tirou dos gramados por mais de dois meses e marcou duas vezes. E o uruguaio Nico López, outro que voltou aparecer entre os titulares, também aproveitou bem a oportunidade e fez o seu contra os cearenses.

Antes dos gols de ontem, o último feito por um atacante havia sido no dia 24 de julho, no empate por 2 a 2 com a Ponte Preta, em Campinas. Ariel marcou no fim da partida, após cobrança de falta de Vitinho e salvou o Inter da derrota no Moisés Lucarelli.

Os seis jogos sem gols de atacantes colorados:

31.07 – Inter 0x1 Corinthians

03.08 – Cruzeiro 4×2 Inter – Seijas e Alex

07.08 – Inter 2×2 Fluminense – Seijas e Fernando Bob

15.08 – Chapecoense 1×0 Inter

21.08 – Inter 1×1 São Paulo – Mena (gol contra)

28.08 – Sport 1×1 Inter – Seijas

Média de gols dos atacantes na temporada:

  • Aylon: 0,35 (28 jogos | 10 gols)
  • Vitinho: 0,3 (33 jogos | 10 gols)
  • Sasha: 0,26 (41 jogos | 11 gols)
  • Nico López: 0,2 (5 jogos | 1 gol)
  • Ariel: 0,11 (9 jogos | 1 gol)
  • Valdivia 0,08 (12 jogos | 1 gol)
  • Marquinhos: 0,06 (17 jogos | 1 gol)
  • Brenner: Ainda não estreou

Comentários

Comentários