Argel e a queda de rendimento no Brasileiro: “Não temos mais gordura”

Inter x Flamengo

FOTO: RICARDO DUARTE/INTERNACIONAL

A derrota para o Flamengo preocupa a direção e a comissão técnica do Inter. Mais que não apresentar bom futebol desde a vitória sobre o Atlético-MG – que encheu os olhos da torcida e também da imprensa – as palavras de Argel definem o momento vivido por seu time na competição prioritária da temporada: o Inter perdeu a vantagem que tinha em relação aos adversários.

– Não temos mais gordura. Ainda estamos no bolo, brigando pela liderança. Seria importante termos pontuado. Ainda assim, estamos na frente deste nosso adversário (o Flamengo) – resumiu Argel.

— Gostei do Muriel, do Leandro Almeida. Não é fácil marcar o Guerreiro. Gostei do Seijas neste gramado pesado, diferente do Beira-Rio. Se tínhamos a gordura é porque fomos bem no início do campeonato. E o Brasileiro é assim. Mais importante é recuperar os jogadores para o jogodo final de semana — elogiou o treinador, que escalou Muriel para o clássico de domingo, no Beira-Rio.

Para Argel, as derrotas sofridas precisam ser relevadas, uma vez que foram fora de casa. Perder longe dos domínios faz parte em um campeonato como o Brasileirão. Lamentou, ainda, a ausência de jogadores importantes entre os titulares, como o zagueiro Paulão e o goleiro Danilo Fernandes, lesionados.

– Contra o Figueirense deveríamos ter empatado. Coritiba o empate foi justo. Contra o Botafogo foi diferente daquilo que estamos acostumados, tomamos dois gols logo de início. Hoje foi um jogo difícil, duro. Alguns jogadores fazem falta no fortalecimento do nosso time. Temos obrigação de nos recuperarmos na próxima rodada. Uma coisa deve ser celebrada: controlamos e estancamos os gols que vínhamos sofrendo.

Quando perguntado sobre a estreia de Seijas, Argel foi taxativo: colocou o venezuelano no setor do campo em que ele próprio disse preferir jogar.

– Onde ele se sente melhor é pelo meio, onde o D’Alessandro jogava. O mais importante é termos opções para rodar. Temos atletas que sabem jogar e se adaptam muito bem em qualquer sistema de jogo. Não conseguimos fazer o gol.

Comentários

Comentários