Alberto Guerra: “Estamos na mesma barca da comissão técnica”

FOTO: LUCAS UEBEL / GRÊMIO

FOTO: LUCAS UEBEL / GRÊMIO

O vice de futebol Alberto Guerra falou após a goleada de 4×0 que o Grêmio sofreu do Coritiba nesta quarta-feira e afirmou que os dirigentes ainda acreditam no trabalho de Roger Machado, apesar das contestações que o treinador começa a sofrer.

Sobre a partida: “Primeiramente, a jornada de hoje nada deu certo. O Grêmio competiu sim hoje, mas o alto grau de eficiência do Coritiba ajudou ao nosso insucesso. Agora é trabalhar. O futebol sempre nos dá uma nova oportunidade na próxima rodada.”

Com relação a venda de Giuliano: “Não tenha dúvida que o Giuliano é um grande atleta. Mas as partidas contra o Corinthians, Atlético ele já não mais estava. Mas não dá pra colocar o insucesso de hoje em um jogador. Tem muito campeonato pela frente, ficou difícil, mas não impossível. Vamos seguir trabalhando. Vamos conversar com os atletas. Todos estavam chateados no vestiário. Que esse resulado sirva pra recuperar já na próxima partida.”

Sobre o questionamento da atual comissão técnica e do trabalho de Roger Machado: “A cobrança é sadia desde o início e é através das reuniões, conversas diárias. Estamos na mesma barca da comissão técnica, acreditamos no trabalho. Não irei colocar prazo para a comissão técnica. Não será esse momento que irá abalar a convicção.

Comentários

Comentários